Estou cansada, Pai! Nem saberia bem o que dizer.
O ano findou! Fiz o que pude, mas ainda restaram
alguns sonhos não realizados e projetos inacabados.
Nem saberia o que pedir de presente, neste Natal.

O certo é que quero dormir, quero silêncio, paz e sonhar!
Quero uma noite pontilhada de estrelas e os olhos da alma
bem atentos para perceber o Teu divino mistério.
Desejo também, pelo menos, um anjo a cantar!

Conheço minhas limitações e sei que não poderia
dar atenção a tantos que encontro em meu peregrinar.
Por favor, vê do que cada um dos meus está precisando.
Agradeço pelo sol que já colocou brilho em nossos olhos,
Mas, talvez, haja ainda um cantinho escuro sofrido para ser visitado.

Por favor, dá a meus amigos a alegria de uma visitinha especial,
na hora adequada, em lugar escolhido, do jeito que for melhor:
uma inspiração nova, uma idéia luminosa, um carinho de parente ou amigo, uma resposta a uma prece... afinal, formamos uma ciranda matinal e nos reunimos em teu nome, acreditando que somos todos filhos muito amados de um mesmo Deus e Pai,
e nos reunimos em nome de teu querido Filho, JESUS !
Desde já agradeço!


Ir. Zuleides M. de Andrade
(11/2003 Curitiba - PR - Brasil)
www.apostolas-pr.org.br


(Repasse com os devidos créditos)

 













: Menu Principal Natal : Voltar para Mensagens Natal 2 :



: Laura Poesias : Menu Poesias : Livro de Visitas : E-Mail :







Gostou desta Página?
Recomende para um amigo!

CLIQUE PARA AQUI RECOMENDAR ESTA PÁGINA!



Get a MIDI Plug-in


Revisão de Texto: IZA / Foto Digital: Ir. Zuleides
Copyright ©1999 &2003/ *Laur@´s Poesias® / Todos os direitos reservados.
Webmaster Design Iraima Bagni / RJ - Brasil

Editada em: 16/12/2003